, , , ,

Dicas de saúde: Como usar salto alto sem sofrimentos

14 de fev de 2014

images (3)

Salto alto nos deixa lindas, elegantes e femininas, mas dependendo do modelo, frequência de uso ou situação, é aquele estrago nos pezinhos. 

Salto alto ajuda na auto-estima, pois em boas doses, a confiança reduz stress e  a ansiedade, o que de modo geral melhora e muito a saúde de toda mulher!

Saltos são considerados saudáveis para os joelhos.

Mulheres que regularmente usam saltos entre 5cm e 8cm têm estatisticamente menos chances de sofrer lesões dos joelhos quando ficarem mais velhas. Até os 65 anos, 2X mais mulheres do que homens vão sofrer artrites nos joelhos - coisas do metabolismo feminino, infelizmente - e o uso regular de saltos médios pode ajudar a prevenir isso, contanto que a mulher não tenha sobrepeso e nem seja fumante após os 40 anos de idade.

1- Parece bobagem mas não é! Entender seu número pode solucionar mil casos de sapatos que não servem ou não calçam bem. Eu, por exemplo, calço 39! Também sei que tenho pés finos e evito sapatos fechados que não cedem. Conhecer o formato dos nossos pés ajuda a escolher o melhor modelo ou ajustá-lo para você.

2- Depois de identificar que o sapato precisa de ajustes é preciso saber o que dá ou não pra fazer, né? Existem mil produtos que ajudam: quem tem pé fininho pode usar palmilhas inteiras, quem tem o pé mais larguinho pode optar por um número a mais e usar um protetor de calcanhar, meia palmilha ajuda quem quer um ajuste melhor na parte da frente… enfim… são várias opções que ajudam muito na hora de escolher o sapato e o número certo!

3- Estar preparada é regra para quem não quer sofrer com o salto! Sempre tenho no mínimo dois curativos na carteira, outros dois na necessáire e outros na bolsa. Parece exagero mas eles garantem que o dia não acabe por causa de um sapato desconfortável. E evitam que um incômodo se transforme em um machucadinho.

4- Saiba os efeitos de cada modelo!

O salto muda o centro de gravidade do corpo e com isso muda a distribuição do seu peso no pé, exigindo força extra ao caminhar. Por isso é tão cansativo andar de salto. Mas saber o efeito de cada modelo garante escolhas certas para os momentos certos. O salto Anabela é o melhor deles, já que distribui o peso de forma menos desigual. Além de ser mais estávele fácil de caminhar. O salto meia pata garante uma maior apoio na parte da frente e diminui a pressão nessa área, sendo mega confortável também. E o salto mais grosso tem área de contato maior com o chão e por isso precisa de menos força no corpo pra manter o equilíbrio, cansando menos.

salto-alto-adolescentes

E um plus: Sapatos fechados garantem mais estabilidade, também exigindo menos do corpo como um todo. São mais confortáveis e fáceis de andar.

5- Além de escolher o sapato certo cuidar dos pés também garante mais conforto sobre os saltos. A pele bem cuidada é mais resistente e se cura mais rápido. O escalda pés da Granado é meu xodó! Amo e uso sempre que passei muito tempo de pé, com ou sem salto. O cheiro é uma delícia e deixa a pele bem macia!

Por incrível que pareça, se exercitar também ajuda a não sofrer com os saltos! Pegar um lápis com o pé, por exemplo, é um excelente exercício para a região que mais sofre com os saltos!

Prestando atenção nas escolhas dá pra ficar bem confortável de salto! Sem sofrimento e dores no fim do dia… hehehe

Pra nossa sorte, alguns apetrechos para a proteção dos pés femininos podem aliviar o sufoco e desconforto causado pelo uso constante do salto alto.

tipos-de-salto-alto

Entre os principais itens de salvação comercializados pela Impec, empresa de Franca, interior de São Paulo, é a palmilha Lady Plantar. Confeccionada em 100% gel polímero, ela promete aliviar as dores sofridas na região do metatarso, mais conhecida como planta dos pés. Normalmente esta região é bastante afetada nos pés femininos que usam todos os dias calçados com saltos altos.

Para os problemas na região da ponta dos pés há opções de produtos autocolantes para diminuir o desconforto causado pelo uso contínuo de sapatos bico fino, como protetores para joanetes e calos, biqueiras para proteger a ponta dos dedos, entre outros.

Descer do salto? Jamais, meu bem!

A maioria dos protetores desenvolvidos pela Impec pode ser utilizada tanto em sapatos abertos como fechados.

Impec

SAC: 0800 941 5010

Veja também

0 comentários

Participe do blog deixando o seu comentário!