, ,

Dicas para conservar as roupas de inverno

9 de jun de 2011

inverno-frio

 

O inverno se aproxima, mas o frio já é nosso companheiro mesmo estando no Outono e quando os dias frios dão o ar da graça, o ato de tirar do armário as roupas de couro, lã e camurça costuma trazer surpresas desagradáveis: mau cheiro, manchas e deformidades.

 

Quer evitar que esses problemas se repitam?

 

Veja algumas dicas de conservação:

 

Couro


1) Nunca use capas plásticas para guardar qualquer tipo de roupa. Dê preferência a sacos de TNT (tecido não tecido). No caso do couro, aposte nos sacos escuros, que evitam a degradação do corante com a incidência de luz.


2) A cada 30 dias, coloque as peças em local fresco e com sombra;


3)Para pendurar um casaco de couro, use cabides plásticos ou de madeira com ombro largo com o intuito de afastar o risco de deformação.


4) Jamais guarde os modelitos se estiverem sujos ou úmidos de suor ou chuva;


5) Peças de couro liso podem receber uma limpeza básica com pano úmido e produtos de higiene e hidratação específicos, vendidos em lojas especializadas.


6) A lavagem deve ser realizada, no mínimo, duas vezes por ano ou quando a roupa apresentar pequenos sinais de sujeira. De acordo com Monteiro, o ideal é levá-la a uma lavanderia.

 


7) Tecidos de lã só podem ser lavados com detergente neutro, no processo delicado da máquina de lavar. O sabão em pó encolhe e endurece a lã.


8) Seque, de preferência sobre uma tela horizontal, em local fresco e arejado.


9) Evite secadora e fontes de calor.


10) Passe as peças na temperatura de lã (150º C), de preferência com sapata de proteção na base do ferro.

 

Malhas e tricôs


11) A lavagem de malhas e tricôs deve ser feita manualmente no molho com detergente neutro.


12) As roupas não podem ser torcidas, centrifugadas ou penduradas porque estiram e deformam. O ideal é remover a água por compactação em forma de bolo. O excesso de umidade pode ser retirado enrolando a peça em toalha felpuda.


13) A secagem deve ser feita sobre uma tela na horizontal, em local fresco e arejado.


14) Malhas e tricôs não podem ser passados, porque deformam.

 

Cashmere


15) O melhor tratamento para cashmere é a limpeza a seco. Caso opte por lavar com água, use detergente neutro. Existe o risco de retração nas fibras, semelhante ao encolhimento.


16) As roupas não devem ser passadas.

 

Camurça


17) Assim como o couro, por se tratar de pele animal, o ideal é confiar o serviço a uma lavanderia especializada. Tratamentos caseiros normalmente estragam o produto.


18) A peça deve ser guardada limpa em capa de TNT, em local seco.


19 ) Deixe tomar ar pelo menos uma vez ao mês em local arejado e fresco.

 

Veludo


20) O veludo cotelê pode ser lavado normalmente na máquina com sabão em pó.

21) Secadoras ou estufas causam encolhimento. Portanto, a secagem deve ser feita com a peça pendurada em local arejado e fresco.


22)Passe na temperatura de algodão (180º C), de preferência com sapata de proteção na base do ferro.


23) Veludo alemão só pode ser lavado a seco, já que qualquer outro tipo de limpeza pode estragá-lo.

 

Soft


24)É um dos tecidos de inverno menos problemáticos. Pode ser lavado normalmente na máquina, com sabão em pó.

 

Flanela


25) O tecido pode ser lavado na máquina com sabão em pó.


26) Não utilize secadora ou estufa, porque encolhe com facilidade.


27) A secagem deve ser feita em local fresco e arejado.


28)Passe a roupa com ferro na temperatura de algodão (180º C), de preferência com sapata de proteção.

 

Edredons e cobertores


29) Devem ser guardados em capas de TNT.


30) O peso e o volume de cobertores e edredons podem quebrar a máquina de lavar doméstica. Por isso, se aconselha levá-los a lavanderias, se possível, a cada três meses.

 

 

Fonte: Assessa

Veja também

0 comentários

Participe do blog deixando o seu comentário!