, , ,

Tipos de peeling

28 de jun de 2011

peelingO peeling é um tratamento estético feito por dermatologistas por meio de ácidos e outros cremes manipulados.

Durante o processo de peeling ocorre a destruição da camada superficial, média ou profunda da pele, sofrendo escamação dessas camadas — eliminando células mortas e dando lugar a uma pele nova, mais saudável e bonita e com menos rugas, manchas, acne e outras imperfeições.

Em princípio, ele retira uma camada, que depois é regenerada e recebe um aspecto novo através de células que permanecem em determinados pontos da pele e com capacidade de reprodução.

Tipos de peeling:

O tipo de peeling a ser utilizado ( peeling superficial , médio ou profundo ) será definido pelo dermatologista, baseado no seu tipo de pele e nos objetivos a serem alcançados pelo paciente.

  • O peeling superficial, como o de ácido glicólico ou retinóico, gera uma descamação leve, retirando apenas as lesões mais superficiais da epiderme.
  • O peeling médio, como o de TCA (ácido tricloroacético) gera uma descamação mais intensa, que pode durar de 7 a 14 dias. São mais agressivos e efetivos que os peelings superficiais, sendo indicados para remoção de manchas e rugas de média profundidade.
  • O peeling profundo é o peeling de fenol. O peeling de fenol apresenta os melhores resultados no rejuvenescimento facial. Esse tipo de peeling profundo leva a destruição de toda camada mais superficial da pele (epiderme), responsável pela maioria das machas e rugas faciais.
Peeling ácido glicólico

O peeling de ácido glicólico é excelente não só para os tratamento dos efeitos nocivos do Sol, como aparecimento de rugas precoces e manchas na pele, mas também para o tratamento da pele com acne e estrias.

Peeling cristal X Peeling diamante
  • Na aplicação a maior diferença é que o peeling de cristal aplica diretamente na pele o óxido de alumínio, enquanto o peeling de diamante é aplicado através de uma ponteira diamantada;
  • O peeling de cristal é mais abrasivo, ou seja, é mais dolorido e provoca vermelhidões na pele.
  • O peeling de diamante é mais leve e retira somente uma parte da epiderme, não causando tanta dor e nem as vermelhidões;
  • Para peles mais velhas e que precisam de uma esfoliação mais profunda, o peeling de cristal é o mais indicado; diferente do peeling de diamante que é para peles mais novas e que não necessitam de uma esfoliação abrasiva;
  • Benefícios: Em ambos os tratamentos, há a remoção de sequelas de acnes, queloides; melhora de cicatrizes, manchas, rugas, linhas de expressão; remoção de células mortas e estimulação de colágeno e elastina na pele.
Peeling de ácido salicílico

Dentre os peelings de beta-hidroxiácido, o agente mais utilizado é o Ácido Salicílico, principalmente em Acne Facial. O ácido salicílico promove uma esfoliação superficial da pele com deposição de pequenos cristais que provocam um ardor momentâneo. A pele fica avermelhada por alguns dias e depois volta ao normal. Forma-se uma crosta fina que se desprende em uma semana. Normalmente são necessárias de 3 a 6 sessões semanais para o peeling de ácido salicílico.

Peeling de ácido retinóico

Utilizado para tratamento de foto envelhecimento, acne, manchas e alterações de superfície da pele, acelera o processo de renovação da pele e estimula a produção e reorganização do colágeno que é a substância responsável pela firmeza da mesma.

Peeling melanin

Indicado para atenuar manchas faciais e combater sinais da idade, promove o clareamento de manchas da pele, com efeito rejuvenescedor. É aplicado como uma máscara facial, mas o procedimento deve ser complementado com o uso domiciliar do creme Melanin D. Ambos os produtos possuem agentes despigmentantes.

Fonte: Belezain.com.br

Veja também

0 comentários

Participe do blog deixando o seu comentário!